feapesc sc
publicidade feapesc

Eleições - "esta é a hora de mostrarmos nossa indignação"

Este ano, além de ser marcado pela revolta da população com a gestão do Governo de Michel Temer, é marcado também pela  Copa do Mundo de Futebol para os amantes do esporte. Mas sobretudo, este é o ano das eleições - a forma mais eficaz do povo brasileiro mostrar sua indignação com os políticos tanto da esfera  federal como estadual. 

Corrupção, lavagem de dinheiro, precariedade do sistema de saúde pública, falta de justiça e insegurança. Estas são algumas das palavras do cotidiano da população. 2018 começou com a ameaça da votação da reforma da previdência e com um reajuste de R$ 17,00 no salário mínimo – um valor pífio para os mais de 80% dos aposentados que sobrevivem com R$ 954,00 para se alimentar, comprar seus remédios, ou seja sobreviver.

O Presidente da FEAPESC - Sr. Iburici Fernandes - lembra que neste ano a palavra chave da categoria é resistência, pois a anos se vem resistindo e lutando por mais saúde, dignidade, direitos aos idosos e aposentados, pela transparência na previdência social e por um reajuste salarial digno aos aposentados que sobrevivem de migalhas.

"As eleições devem mostrar o sentimento de um povo sofrido ... não podemos ter "memória esquecida". E em outubro temos que saber votar para avançarmos e recuperamos a nação que construímos com muita luta", destaca o Presidente.

Para o Diretor de Comunicação Agostinho Schiochetti o que a Feapesc questiona é até quando o brasileiro votará "em quem vem roubando o país ... que tipo de país queremos.. que país vamos deixar as novas gerações".

Aposentado, Pensionista e Idoso, a Feapesc está a 30 anos na luta por dignidade, mais direitos e respeito a você aposentado, idoso. A luta é diária, precisamos estar unidos para o bem comum de todos nós brasileiros. E neste ano temos a chance de, com o nosso voto, colocar candidatos que estejam de fato comprometidos com a nossa luta, com a luta do povo brasileiro.

 

Queremos novamente o Ministério da Previdência Social

Somos contra a reforma da previdência proposta pelo Governo

Queremos uma reforma digna que inclua os aposentados e faça justiça com o povo brasileiro

Queremos mais saúde ao idoso e aposentado

Queremos mais políticas públicas ao idoso

Queremos um salário mínimo digno capaz de pagar os remédios, nossa alimentação, nosso transporte, e nosso lazer

Somos favoráveis à Desaposentação

Queremos um Brasil de todos.