feapesc sc
publicidade feapesc

CARTA DE NOVA TRENTO -2018

CARTA DE NOVA TRENTO -2018

                                     Fraternidade e Superação da Violência

 

Aposentados, Pensionistas e Idosos, organizados em suas entidades de base, Federações e COBAP reunidos no SANTUÁRIO DE SANTA PAULINA em Nova Trento-SC, em sua 9ª Romaria, mais uma vez vem a este Santuário para agradecer a Deus, o dom da vida, e renovar a fé e a esperança numa sociedade capaz de superar as desigualdades sociais, a injustiça e os diversos tipos de violência contra o povo, rumo a uma sociedade justa e solidária.

Vivemos um momento de incertezas e dúvidas quanto ao futuro do povo brasileiro, com as medidas adotadas pelo governo Temer que retira direitos e benefícios dos trabalhadores, aposentados e da população mais necessitada, através do congelamento de investimentos por 20 anos, nas áreas sociais, como a saúde, e a Lei da terceirização, da reforma trabalhista e a reforma previdenciária que está no Congresso.

O governo desmonta o Sistema de Seguridade Social e a CLT para agradar grupos econômicos, sedentos por mais riquezas. O governo e muitos membros do Congresso e do Judiciário, movidos pelo deus dinheiro, como diz o Papa Francisco, se curvam aos interesses do grande capital, tirando dos pobres para dar aos ricos. Segundo estudo da Organização OXFAM em 2016, a riqueza acumulada pelo 1% mais ricos da população mundial, equivale, pela primeira vez, à riqueza dos 99 % restantes da população. E o Brasil, é um dos países que mais vem concentrando riquezas, nas mãos de uma minoria privilegiada. O documento pediu aos líderes do mundo dos negócios e da política, reunidos no Fórum Mundial em Davos na Suíça em 2016, para diminuir a desigualdade, com mais distribuição de renda.

Em tempos que aumentam ideias conservadoras e violência, presente em vários segmentos da sociedade, a CNBB lança a Campanha da Fraternidade 2018,” Fraternidade e Superação da Violência”.

O Evangelho deste domingo, Lucas 24,35-48 e dos domingos anteriores, mostra que Jesus está presente. Com a morte de Jesus, a comunidade fica com medo, devido a perseguição e repressão por parte das autoridades judaicas a serviço do Império Romano. Jesus Ressuscitado, depois de aparecer a Maria Madalena, aos dois discípulos na estrada de Emáus, aparece finalmente ao grupo reunido para tirar as dúvidas e fortalecer a fé. Jesus aparece e diz: A PAZ ESTEJA CONVOSCO.

Queremos a Paz, não a paz do cemitério, mas a Paz, como fruto da resistência e da luta por direitos e por vida digna. Lutar contra todas as formas de discriminação, violência e criminalização dos pobres e dos movimentos sociais.