feapesc sc

Presidente da FEAPESC critica postura do Legislativo Catarinense

A Federação das Associações de Aposentados, Pensionistas e Idosos de Santa Catarina é conhecida nacionalmente como um modelo de dedicação e trabalho sério voltado para a categoria. Com associações espalhadas em todas as regiões do estado, o trabalho social e de saúde são destaques. A entidade representativa tem um olhar voltado à dignidade do aposentado e assim, possui diversos convênios em suas associações na área de saúde, assessoria jurídica, lazer e cultura.

Neste ano lançou sua rádio web para trazer informação e entretenimento aos idosos com uma audiência que vem crescendo e já perpassa o estado. Em 2023 a FEAPESC será anfitriã no 27º Congresso Nacional de Aposentados, Pensionistas e Idosos que acontecerá em Florianópolis e já é aguardado pelos aposentados e pensionistas do país.

Contudo, mesmo com reconhecimento nacional, tem algumas dificuldades em dialogar com os órgãos governamentais do próprio estado. Neste ano, foram diversas as tentativas para dialogar com a Assembleia Legislativa e com o Governo do Estado para conhecerem o trabalho da federação e os projetos realizados. A entidade representa 1,4 milhão de aposentados e possui mais de 40 mil associados, e mesmo assim, não consegue agenda e nem resposta a protocolos entregues tanto no Executivo como no Legislativo.

Nesta quinta-feira (04), após diversas tentativas, estava agendada uma reunião com o Coordenador de TV e a Coordenadora de Rádio da ALESC, mas infelizmente após o Diretor de Comunicação se deslocar do meio-oeste até a capital apenas para cumprir esta agenda - cancelando atividades em Concórdia, - a agenda foi cancelada faltando 30 minutos para a reunião, através de um telefonema. “É uma falta de respeito com os aposentados, com nossa entidade e com a agenda das pessoas. Eu mesmo cancelei agendas da federação e agendas pessoais para estar presente nesta reunião que estávamos pleiteando desde fevereiro. Temos custos, temos compromissos e sermos avisados 30 minutos antes do início da reunião demonstra a falta de comprometimento desta casa eleita para atender o povo” desabafou o Presidente Iburici Fernandes. “Mesmo assim, com o cancelamento, protocolaremos novo ofício na ALESC hoje a tarde inclusive fazendo foto para registrar o momento. Esta casa não pode atender apenas uma parcela da população catarinense, aposentado também vota e o dinheiro administrado tanto pelo executivo quanto pelo legislativo é dinheiro do povo, político algum faz favor, apenas administra o que é do povo” conclui o Presidente.

É hora do povo acordar, não no discurso e sim na prática. Elegemos quem deve nos representar, está na hora dos aposentados, pensionistas e idosos reverem alguns conceitos, pois se: como entidade estamos enfrentando dificuldades para sermos recebidos nos órgãos governamentais quem dirá quando não tivermos mais entidades representativas, quando cada um deve tentar por si próprio??? O episódio de hoje deve servir para registar nossa indignação, mas também para acordarmos. No próximo ano teremos eleições novamente, ao invés do povo brigar por política, é hora de corrigir a política brasileira dizendo sim à ética, à responsabilidade, à moral, aos bons costumes, ao patriotismo de verdade e acima de tudo o respeito. Não podemos ser coniventes com a mentira, a corrupção e a falta de valores que estamos vendo frente aos nossos olhos.

 “Estava confiante com esta agenda, e estarei acompanhando o Presidente no legislativo protocolando o ofício mais uma vez, pois não podemos deixar que quem é pago para nos representar faça de pouco da nossa entidade” lembrou o Diretor de Comunicação Agostinho Schiochetti.