feapesc sc

Idosos seguem como prioridade na vacinação contra covid-19

Os idosos seguem sendo a prioridade no calendário de vacinação contra a covid-19 no Brasil. É o que garante a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Franciele Fantinato. Ela e outros especialistas em saúde foram ouvidos nesta quinta-feira (15) por parlamentares, em sessão da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados, para saber a atual situação das vacinas contra a covid para as pessoas da terceira idade no Brasil.

Franciele relatou que, com a entrega aos estados, até esta sexta-feira (16), de 3,6 milhões de doses do imunizante da Fiocruz e outros 2,3 milhões de doses do Butantã, a imunização de pessoas acima de 65 anos com a primeira dose vai atingir 100%.

O pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Daniel Grossman, salientou que muitos idosos têm dificuldade de acesso aos postos de vacinação, como os acamados e aqueles que moram em lugares de difícil acesso, como os residentes nos morros do Rio de Janeiro. Ele defende que os cuidadores de idosos não profissionais também sejam incluídos nos grupos prioritários para receber a vacina contra a covid.

Falando sobre a eficácia das vacinas, o gerente-geral da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Gustavo Mendes, disse que a covid-19 é uma doença nova, ainda pouco conhecida e, por isso, a eficácia das vacinas também está em estudo. Disse ainda que a agência aguarda resultados sobre o desempenho e os efeitos dos imunizantes.

 

fonte: Rádio Nacional - EBC
FOTO:Imagem: 16.fev.2021 - Cesar Lopes/PMPA (REPRODUÇÃO INTERNET)