feapesc sc

Organizadores honram compromissos e começam a ressarcir pessoas que viajariam à Itália

Preocupado em apoiar as pessoas que não puderam viajar à Itália para participar do 3º Congresso Mundial dos Aposentados, o presidente Warley Martins Gonçalles, coordenou na última quarta-feira (9 de maio), na subsede da COBAP em São Paulo, uma reunião de urgência com dirigentes de todo o Brasil para encontrar uma solução rápida para essa questão.

Participaram presidentes de federações de diversos estados, diretores da Confederação e COBAP Viagens, membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal. 

De forma clara e transparente, os organizadores do evento apresentaram os documentos que comprovam a contratação de uma agência de viagens de São José do Rio Preto que foi incumbida de comprar as passagens aéreas para 180 pessoas. Essa empresa recebeu todo o dinheiro para efetuar a compra, porém, agiu de má fé e não cumpriu o combinado, prejudicando pessoas sérias e honradas.

Disposta a resolver rapidamente essa questão, a direção já tomou medidas jurídicas objetivando a devolução da quantia que pagou durante os últimos 10 meses.

Foi decidido que a partir da próxima segunda-feira (14 de maio), as funcionárias da COBAP Viagens estarão a disposição de todos os prejudicados para recolher os recibos dos gastos efetuados cpm antecedência visando a viagem à Itália. 

Após a junção destes documentos, no máximo em 15 dias, todas as pessoas lesadas receberão o depósito em suas contas do valor que gastaram com passagem aérea e seguro saúde. 

"Ninguém terá prejuízo financeiro. Dou minha palavra. Lamentamos esse triste fato ocorrido, onde também fomos vítimas, mas jamais deixaria na mão quem foi prejudicado. Somos uma entidade séria, constituída por pessoas ilibadas e nos solidarizamos com as pessoas que tiveram essa decepção", informou o presidente Warley Martins.

O diretor do Sindicato Nacional dos Aposentados da Força Sindical, Dr. Plínio Sarti, responsável pela organização do 3º Congresso Mundial, disse as entidades européias se manifestaram em defesa da COBAP e ratificaram a seriedade da confederação brasileira, que tem 33 anos de lutas e conquistas.    

 

fonte: COBAP