feapesc sc
publicidade feapesc

Governo vai investir mais em campanha publicitária para tentar aprovar a Reforma da Previdência – CPI prova que não existe ROMBO

Semana inicia com a reforma da previdência em pauta. 

Com a Audiência Pública da CPI da Previdência programada para acontecer no dia 5 de fevereiro, os atos contra a REFORMA iniciam-se já nesta semana.

Em Minas Gerais, neste dia 24 - dia em que se comemora o dia  Nacional do Aposentado, os homenageados vão às ruas protestar contra a PEC 287 que o governo Temer tenta aprovar.  O grande ato acontece a partir das 10h e se estenderá até as 14h na Praça Sete, em Belo Horizonte/MG.

 

Segundo publicação da Folha (UOL), para aprovar a reforma previdenciária, Michel Temer deve abrir os cofres públicos e gastar mais dinheiro do povo brasileiro. Segundo a reportagem de Gustavo Uribe, a previsão de gastos deverá ser de mais de R$ 50 milhões para reforçar campanhas publicitárias até o mês de fevereiro. Vale lembrar que já foram gastos R$ 103,5 milhões do seu dinheiro para as agências de publicidade produzirem e veicularem esta mentira que diz que essa reforma é necessária.

 

A CPI da previdência provou que a Previdência Social é superavitária, que não existe rombo, existe é má gestão, desvio e perdão de dívidas milionárias “dos ricos”, enquanto o aposentado brasileiro neste ano nem o reajuste inflacionário teve.

 

A campanha Nacional dos aposentados e pensionistas continua firme e forte:

“Deputado que vota a FAVOR da Reforma da Previdência é TRAIDOR”