feapesc sc

2018 começa com mobilizações contra a reforma da Previdência

Adiada para fevereiro do próximo ano, a votação da reforma da Previdência não será tarefa fácil para o governo. A COBAP e CNAPI permanecem em mobilização e já tem Plenária Nacional marcada com dirigentes e aposentados de todo o país na última semana de janeiro, após a tradicional Missa em Homenagem aos aposentados, que será realizada dia 28/01, na Basílica de Aparecida (SP). No dia seguinte, novas reuniões estratégicas contra a reforma na subsede da entidade, em São Paulo (SP).

 

            Para o presidente da COBAP e vice-presidente da CNAPI Warley Martins, no ano que vem será ainda mais difícil de aprovarem a reforma. “Enquanto o governo não ouvir a sociedade e respeitar o relatório da CPI da Previdência, que está disponível a todos, não haverá reforma”, afirmou o líder dos aposentados. “Ainda afirmamos com convicção que quem votar a favor, não volta a nos representar no Congresso Nacional”.

 

            O ano de 2017 ainda nem acabou, mas 2018 já promete movimentações intensas logo no início. Os parlamentares estarão com a atenção dobrada às questões sociais, principalmente por se tratar de um ano eleitoral.